2 Março, 2016

Oficina do empreendedor cultural

 

A <strong>Oficina do empreendedor cultural</strong> é um programa de mentoring, capacitação e estímulo do empreendedorismo cultural. Tem como principal objetivo ajudar os potenciais empreendedores culturais a adquirirem conhecimentos e competências básicas em gestão e produção de projetos na área cultural, transformando uma ideia numa oportunidade de negócio.

Pretende-se estimular mentalidades promovendo um novo espírito de iniciativa e dinamismo que facilite a expansão de horizontes.

Preço

A frequência na Oficina do empreendedor cultural é gratuita, mas sujeita a inscrição on-line e pagamento de caução, a fim de garantir a participação (ver regulamento).

Objetivos

  • fomentar o pensamento criativo através da prática de ferramentas de geração de ideias, conhecimento e experiência para promover, nos seus locais de trabalho, a criatividade na organização, nos negócios, nos projetos e nas tarefas do dia-a-dia
  • conhecer grandes tendências de inovação
  • saber desenhar modelo(s) de negócio para a associação ou empresa
  • usar a ferramenta de desenho do modelo de negócio como instrumento de estratégico para melhorar a competitividade da associação ou empresa
  • incrementar o processo de transformação de ideias em negócios e projetos inovadores e sustentáveis

Destinatários

Potenciais e atuais empreendedores que pretendam desenvolver e aprofundar as suas capacidades na área cultural bem como adquirir competências básicas em gestão e produção cultural.

São elegíveis as inscrições apresentadas por empreendedores que se enquadrem nas seguintes condições:

  • Idade mínima de participação: 18 anos
  • Habilitações académias mínimas 12º ano completo (ou equivalente)

Seleção

Sem prejuízo das condições mínimas de participação, a ordem de entrada da ficha de inscrição, a motivação e a necessidade do candidato em participar na Oficina do empreendedor cultural são critérios de seleção e acesso ao programa, assim como o pagamento da caução até às 23h59 do dia seguinte à inscrição (ver regulamento).

Cofinanciamento por

A Oficina do Empreendedor Cultural é cofinanciada pelo Programa Madeira 14-20 - Programa Operacional da Região Autónoma da Madeira, no âmbito do projeto Madeira +e.

Programa:

A aprendizagem na Oficina do empreendedor cultural tem como ponto de partida as experiências e o know-how dos participantes. As dinâmicas, a realizar em grupo, permitirão a construção e desenvolvimento de competências e saberes. Todos os módulos da Oficina do empreendedor cultural terão uma componente teórica e prática:

Módulo I – Criatividade

  • Criatividade e inovação
  • Fases do processo de geração de ideias (Pesquisa, definição do problema ou necessidade, geração de ideia, seleção e avaliação, desenvolvimento de protótipos, teste)
  • Instrumentos de geração de ideias (prática): a técnica dos opostos, matriz morfológica, brainstation, mudança de paradigma e SCAMPER

Módulo II – Da ideia ao negócio

  • Teste da ideia (métodos)
  • Proposta de valor
  • Modelo de negócio (cultural, social ou empresarial)
  • As componentes do Modelo de Negócio
  • Exemplos de Modelos de Negócio
  • Instrumentos para a formulação de modelos de negócio (Business Model Navigator e Business Model Canvas).
  • Utlização do BM Navigator (Prática)

Módulo III – Projetos Culturais

 

  • A cultura e as atividades criativas
  • Exemplos de projetos culturais, artísticos e de participação cívica: benefícios culturais, sociais e económicos para as comunidades onde se inserem

 

Funchal

09 e 10 de maio de 2016

Local: Centro de Empresas e Inovação da Madeira
09h00 às 13h00 | 14h00 às 20h00 (almoço livre)

Equipa

Este é um programa desenvolvido em parceria pelo CEIM, SRETC, DRC e pela empresa de formação cultural SetePés
Abaixo poderá conhecer o perfil do consultor convidado, responsável pela dinamização da Oficina do empreendedor cultural:

José Henrique Praça Almeida Cruz

Diretor Setepés
Licenciado em Biologia pela Universidade de Coimbra (1982), Curso Superior de Teatro/Direção de Cena pela ESMAE - Instituto Politécnico do Porto (1997) e pós-graduação em Comunicação e Educação em Ciência pela Universidade de Aveiro (2005) fazem parte do percurso de Henrique Praça. Também realizou Erasmus em Teatro na University College of Ripon&York, York, U.K.
Tem o Curso de Gestão do Conhecimento e Inovação, Academia PME-IPAMEI; fez o workshop “6 Chapeús, 6 Formas de Resolução de Problemas” dos Laboratórios de Criatividade, Academia PME-IPAMEI. Participou no projeto europeu “Creative Trainer – A Creative and Innovation Management Course”, promovido pela Styrian Business Development Agency, Graz, Áustria.
Foi professor efetivo de Ciências e Matemática de 1982 a 2006. Encenou e foi assistente de encenação, dramaturgia e diretor de cena em teatro e ópera, tendo trabalho com encenadores portugueses e estrangeiros. Fundou, em 1998, a empresa SETEPÉS, de que é sócio. Na empresa, tem a seu cargo a conceção de projetos, a consultoria em projetos culturais e de educação e comunicação em ciência, as parcerias em projetos europeus, a assessoria na formação profissional na cultura e enquanto formador, os cursos e workshops em técnicas e metodologias de criatividade, inovação e empreendedorismo.
Foi coordenador, co-autor e diretor editorial do Estudo Multidisciplinar “Paisagem com Cidade e Maçãs Vermelhas. Centro Histórico de Guimarães” e coordenou e foi diretor editorial da Coleção “Públicos” (5 publicações).
Como formador assegurou os Cursos “Criatividade e Metodologia Idea Machine”, Porto, “Creative Solutions”, Museu da Presidência da República, “Gerador Criativo” e “Gerador Empreendedor” para o MADE IN, Vila Nova de Famalicão, Gym.Criatividade, Porto, entre outros.

Regulamento

O presente regulamento visa definir as condições de acesso, os direitos e as obrigações para a participação na Oficina do empreendedor cultural, um programa promovido conjuntamente pelo CEIM, DRC e SRETC e cofinanciado pela União Europeia no âmbito do Madeira 14-20.

01. Enquadramento e informação geral - Âmbito

A Oficina do empreendedor cultural é um programa de mentoring, capacitação e estímulo do empreendedorismo cultural. Tem como principal objetivo ajudar os potenciais empreendedores culturais a adquirirem conhecimentos e competências básicas em gestão e produção de projetos na área cultural, transformando uma ideia numa oportunidade de negócio.
Pretende estimular mentalidades promovendo o espírito de iniciativa e dinamismo que facilite a expansão de horizontes.

02. Objetivos

Os conteúdos, práticos e teóricos, a serem trabalhados neste Programa serão apresentados de forma dinâmica, e com base na metodologia learning by doing, com objetivo de transmitir os princípios gerais do empreendedorismo instigando uma mudança de atitudes e de comportamento.
A aprendizagem terá como ponto de partida as experiências e o know-how dos participantes e como foco a construção e desenvolvimento de competências e saberes através de atividades práticas de reflexão e dinâmicas de grupo. O objetivo será:

  • fomentar o pensamento criativo através da prática de ferramentas de geração de ideias, conhecimento e experiência para promover, nos seus locais de trabalho, a criatividade na organização, nos negócios, nos projetos e nas tarefas do dia-a-dia
  • conhecer grandes tendências de inovação
  • saber desenhar modelo(s) de negócio para a associação ou empresa
  • usar a ferramenta de desenho do modelo de negócio como instrumento de estratégico para melhorar a competitividade da associação ou empresa
  • incrementar o processo de transformação de ideias em negócios e projetos inovadores e sustentáveis

Todos os módulos propostos terão uma componente teórica e uma prática.

03. Destinatários

Potenciais e atuais empreendedores que pretendam desenvolver e aprofundar as suas capacidades na área cultural bem como adquirir competências básicas em gestão e produção cultural.

04. Candidatura

As inscrições são feitas dentro dos prazos indicados no ponto 6 deste regulamento e através da ficha de inscrição disponibilizada para o efeito no site do CEIM ou diretamente nas instalações do CEIM – Centro de Empresas e Inovação da Madeira, dentro do seu horário de funcionamento.
Não é permitida troca de inscrições entre participantes.

05. Condições mínimas para participação

São elegíveis as inscrições apresentadas por participantes que se enquadrem nas seguintes condições:

  • Idade mínima de participação: 18 anos
  • Habilitações académias mínimas 12º ano completo (ou equivalente)

As inscrições são gratuitas. No entanto, e para garantir o compromisso do participante, deverá ser paga uma caução de 20€ (vinte euros) que será devolvida ao participante no último dia do Programa, após a sua participação em todos os módulos.

06. Vagas, prazos de candidaturas e validação das candidaturas,

As inscrições estão abertas até 28 de abril de 2016, limitadas às 25 vagas existentes. As inscrições serão encerradas após preenchimento das vagas.
A ficha de inscrição, depois de rececionada e validada no CEIM, dará origem a um pedido deste para pagamento da respetiva caução. Somente após confirmação do pagamento é que a inscrição no Programa será considerada válida e definitiva.
O pagamento deverá ser realizado até às 23h59 do dia seguinte à data de inscrição, sob pena da vaga poder ser preenchida por outro participante.
O Pagamento poderá ser efetuado em:

  • numerário, diretamente nas instalações do Centro de Empresas e Inovação da Madeira (Caminho da Penteada, Edifício Madeira Tecnopolo, 1º andar, no Funchal, Madeira) dentro do seu horário de funcionamento (2ª a 5ª feira das 9.00 às 13.00 e das 14.00 às 17.30 e 6ª feira das 9.00 às 13.00 e das 14.00 às 17.00), ou por
  • transferência bancária para o NIB 0038.0001.19716185771.58. Será necessário enviar comprovativo de pagamento para o email ceim@startupmadeira.eu ou entregá-lo nas instalações do CEIM. É obrigatório fazer referência ao nome do participante (como consta da ficha de inscrição) e nome do titular da conta bancária.

07. Plano de atividades e calendário

  • 09 e 10 de maio – 09h00 às 13h00 | 14h00 às 20h00 (almoço livre)

08. Local do evento

A ação decorrerá nas Instalações do CEIM - Centro de Empresas e Inovação da Madeira (1º andar do Madeira Tecnopolo)

09. Análise e seleção

Sem prejuízo das condições mínimas de participação, a ordem de entrada da ficha de inscrição e a motivação e a necessidade do candidato em participar na Oficina do empreendedor cultural são critérios de seleção e acesso ao programa, assim como o pagamento da caução até às 23h59 do dia seguinte à inscrição.

10. Critérios e metodologia de avaliação

A avaliação será contínua e tomará em conta a presença, a participação, a concretização de tarefas, exercícios e trabalhos efetuados ao longo do Programa, bem como com a participação na sessão final do evento que consistirá na realização de um pitch do projeto empresarial trabalhado ao longo do Programa. Será concedido um Certificado de Participação, emitido pelo CEIM e pela entidade consultora contratada para o efeito, a todos os participantes que participarem integralmente em todas as atividades e módulos do Programa.

11. Desistências

Após validação da inscrição o participante que desistir perderá o direito à devolução da caução. Não é permitida a troca de inscrições entre candidatos.

Da inscrição ao certificado de participação...

(procedimento passo a passo)

  • inscrição na Oficina do empreendedor cultural diretamente no CEIM ou através da ficha de inscrição
  • receberá um email do CEIM de validação da sua inscrição e informação sobre a forma de pagamento da caução
  • o participante deverá entregar comprovativo de pagamento da caução (através do email ceim@startupmadeira.eu ou nas instalações do CEIM)
  • receberá um email do CEIM confirmando que a inscrição é válida e definitiva
  • participação em todas as ações da Oficina do empreendedor cultural
  • receberá a devolução da caução no último dia do Programa
  • receberá o Certificado de Participação no último da Oficina do empreendedor cultural.

Manifestação de Interesse

Em menos de 24 horas atingimos o limite de inscrições! Neste momento estas encontram-se encerradas pois completamos as 25 vagas que estavam disponíveis para esta primeira edição da Oficina do Empreendedor Cultural. Faremos a selecção dos participantes segundo a ordem de entrada e validaremos as inscrições de acordo com o regulamento disponível.

De qualquer modo, caso pretenda deixar aqui o seu contato e preencher o seu registo, iremos assumi-lo como uma manifestação de interesse como suplente ou para futuras iniciativas desta natureza.

Consulte o regulamento >>


Scroll Up