23 Setembro, 2015

Oficina do Empreendedor Agrícola

 

A Oficina do Empreendedor Agrícola é um programa de mentoring, capacitação e estímulo do empreendedorismo agrícola. Tem como principal objetivo ajudar os potenciais empreendedores agrícolas a adquirirem conhecimentos e competências básicas em gestão e produção agrícola, transformando uma ideia numa oportunidade de negócio.

Pretende-se estimular mentalidades, promovendo um novo espírito de iniciativa e dinamismo que facilite a expansão de horizontes.

Preço

A frequência na Oficina do Empreendedor Agrícola é gratuita, mas sujeita a inscrição on-line e pagamento de caução, a fim de garantir a participação (ver regulamento).

Objetivos

  • desenvolver a capacidade empreendedora dos participantes
  • motivar para o sucesso no desenvolvimento de ideias de negócio
  • identificar o perfil do empreendedor de sucesso na agricultura
  • dotar de conhecimentos técnicos base na produção agrícola, mais especificamente:
    • tipos de produção e fertilização
    • horticultura (ao ar livre e em estufa)
    • fruticultura (temperada e tropical)
    • floricultura (ao ar livre e em estufa)
    • bananicultura
    • produtos pós-colheita
    • condicionalidade e boas práticas agrícolas
    • apoios comunitários

Destinatários

Potenciais e atuais empreendedores que pretendam desenvolver e aprofundar as suas capacidades na agricultura bem como adquirir competências básicas em gestão e produção agrícola.

São elegíveis as inscrições apresentadas por empreendedores que se enquadrem nas seguintes condições:

  • Idade mínima de participação: 18 anos
  • Habilitações académicas mínimas 9.º ano completo (ou equivalente)

Seleção

Sem prejuízo das condições mínimas de participação, a ordem de entrada da ficha de inscrição, e respetivo pagamento da caução até às 23h59 do dia seguinte à inscrição, é o critério único de seleção e acesso ao programa (ver regulamento).

Programa:

A aprendizagem na Oficina do Empreendedor Agrícola tem como ponto de partida as experiências e o know-how dos participantes. As dinâmicas, a realizar em grupo, permitirão a construção e desenvolvimento de competências e saberes. Esta iniciativa contempla uma componente teórica e prática. Abaixo poderá conhecer o programa, local e data:

Plano de Atividade

São Vicente

08, 09 e 10 de maio de 2018

Local: Escola Agrícola da Madeira (ver mapa)
09h00 às 13h00 | 14h00 às 18h00 (almoço livre)

Equipa

Este é um programa promovido pelo Governo Regional da Madeira, numa parceria estabelecida entre a Startup Madeira e a Secretaria Regional de Agricultura e Pescas (SRAP), através da Escola Agrícola da Madeira. Além de uma equipa especializada de formadores da SRAP, os participantes terão oportunidade de serem acompanhados, no primeiro dia, pelo fundador da empresa de formação agrícola Espaço Visual. Abaixo poderá conhecer o perfil de toda a equipa convidada, responsável pela dinamização da Oficina do Empreendedor Agrícola:

Dia 1

Dia 2

  • Fertilidade do solo e nutrição das culturas > Eng.ª Alexandra Azevedo
  • Modos de produção (em proteção integrada e biológica) > Eng.ª Vanda Mão Cheia
  • Horticultura (ao ar livre e em estufa) > Eng.ª Fátima Freitas
  • Fruticultura (temperada e tropical)> Eng.º Graça Freitas

Dia 3

  • Floricultura (ao ar livre e em estufa) > Eng.ª Bozena Borecka
  • Bananicultura > Eng.ª Alexandra Azevedo
  • Pós-colheita e valorização dos produtos > Eng.º Alcino Silva
  • Condicionalidade e boas práticas agrícolas > Eng.ª Vanda Mão Cheia
  • Apoios Comunitários > Eng.º Henrique Seabra

Regulamento

O presente regulamento visa definir as condições de acesso, os direitos e as obrigações para a participação na  Oficina do Empreendedor Agrícola. Este é um programa promovido pelo Governo Regional da Madeira, numa parceria estabelecida entre a Startup Madeira e a Secretaria Regional de Agricultura e Pescas (SRAP), através da Escola Agrícola da Madeira.

01. Enquadramento e informação geral - Âmbito

A Oficina do Empreendedor Agrícola é um programa de mentoring, capacitação e estímulo do empreendedorismo agrícola. Tem como principal objetivo ajudar os potenciais empreendedores agrícolas a adquirirem conhecimentos e competências básicas em gestão e produção agrícola, transformando uma ideia numa oportunidade de negócio.

Pretende estimular mentalidades, promovendo o espírito de iniciativa e dinamismo que facilite a expansão de horizontes.

02. Objetivos

Os conteúdos, práticos e teóricos, a serem trabalhados neste Programa serão apresentados de forma dinâmica e com base na metodologia learning by doing, com objetivo de transmitir os princípios gerais do empreendedorismo, promovendo ainda a mudança de atitudes e de comportamento.

A aprendizagem terá como ponto de partida as experiências e o know-how dos participantes e como foco a construção e desenvolvimento de competências e saberes através de atividades práticas de reflexão e dinâmicas de grupo. Os objetivos serão:

  • desenvolver a capacidade empreendedora dos participantes
  • motivar para o sucesso no desenvolvimento de ideias de negócio
  • identificar o perfil do empreendedor de sucesso na agricultura
  • dotar de conhecimentos técnicos base na produção agrícola, mais especificamente:
    • tipos de produção e fertilização
    • horticultura (ao ar livre e em estufa)
    • fruticultura (temperada e tropical)
    • bananicultura
    • produtos pós-colheita
    • floricultura (ao ar livre e em estufa)
    • condicionalidade e boas práticas agrícolas
    • apoios comunitários

03. Destinatários

Potenciais e atuais empreendedores que pretendam desenvolver e aprofundar as suas capacidades na agricultura bem como adquirir competências básicas em gestão e produção agrícola.

04. Candidatura

As inscrições são feitas dentro dos prazos indicados no ponto 6 deste regulamento e através da ficha de inscrição disponibilizada para o efeito no site do Startup Madeira ou diretamente nas instalações da Startup Madeira, dentro do seu horário de funcionamento.

Não é permitida troca de inscrições entre participantes. Não serão aceites inscrições de participantes da edição anterior.

05. Condições mínimas para participação

São elegíveis as inscrições apresentadas por participantes que se enquadrem nas seguintes condições:

  • Idade mínima de participação: 18 anos
  • Habilitações académicas mínimas: 9.º ano completo (ou equivalente)

As inscrições são gratuitas. No entanto, e para garantir o compromisso do participante, deverá ser paga uma caução de 20€ (vinte euros) que será devolvida ao participante no último dia do Programa, após a participação em todos os módulos.

06. Vagas, prazos de candidaturas e validação das candidaturas

As inscrições estão abertas até 05 de maio de 2018 e estão limitadas às 25 vagas existentes. As inscrições serão encerradas após preenchimento das vagas.

A ficha de inscrição, depois de rececionada e validada pela Startup Madeira, dará origem a um pedido desta para pagamento da respetiva caução. Somente após confirmação do pagamento é que a inscrição no Programa será considerada válida e definitiva.

O pagamento deverá ser realizado até às 23h59 do dia seguinte à data de inscrição, sob pena da vaga poder ser preenchida por outro participante.

O pagamento poderá ser efetuado em:

  • numerário, diretamente nas instalações da Startup Madeira (Campus da Penteada, Edifício Madeira Tecnopolo, 1.º andar, no Funchal, Madeira) dentro do seu horário de funcionamento (2.ª a 5.ª feira das 9.00 às 13.00 e das 14.00 às 17.30 e 6.ª feira das 9.00 às 13.00 e das 14.00 às 17.00) ou por
  • transferência bancária para um NIB a ser indicado posteriormente pela Startup Madeira. Será necessário enviar comprovativo de pagamento para o e-mail info@startupmadeira.eu ou entregá-lo nas instalações da Startup Madeira. É obrigatório fazer referência ao nome do participante (como consta da ficha de inscrição) e nome do titular da conta bancária, de modo a ser possível identificar o participante.


07. Data e local

  • 08, 09 e 10 de maio de 2018 - São Vicente - Escola Agrícola da Madeira


08. Horário

  • 09h00 às 13h00 |14h00 às 18h00 (almoço livre)


09. Análise e seleção

Sem prejuízo das condições mínimas de participação, a ordem de entrada da ficha de inscrição, e respetivo pagamento da caução até às 23h59 do dia seguinte à inscrição, é o critério único de seleção e acesso ao programa.

10. Critérios e metodologia de avaliação

A avaliação será contínua e tomará em conta a presença, a participação e a concretização de tarefas, exercícios e trabalhos efetuados ao longo do Programa.

11. Desistências

Após validação da inscrição o participante que desistir perderá o direito à devolução da caução. Não é permitida a troca de inscrições entre candidatos.

Da inscrição ao certificado de participação...

(procedimento passo a passo)

    • inscrição na Oficina do Empreendedor Agrícola (através da ficha de inscrição online ou diretamente nas instalações da Startup Madeira)
    • validação da inscrição e pagamento da caução (receberá um email da Startup Madeira com as instruções para efetuar o pagamento)
    • entrega de comprovativo de pagamento da caução (através do email info@startupmadeira.eu ou nas instalações da Startup Madeira)
    • envio de um e-mail confirmando que a sua inscrição é válida e definitiva
    • participação em todas as ações da Oficina do Empreendedor Agrícola
    • devolução da caução no último dia do Programa
    • entrega de certificado de participação na Oficina do Empreendedor Agrícola.

Inscrição

Neste momento encontram-se encerradas as inscrições para a 2ª edição da Oficina do Empreendedor Agrícola, pois preenchemos as 25 vagas disponíveis. Caso tenha interesse em participar numa próxima iniciativa, poderá preencher a manifestação de interesse, acessível através do link abaixo, para que possa ser contactado(a) numa próxima edição.

Não se esqueça de consultar o regulamento.

Scroll Up